Um continente abalado: textos do CineGRI que te ajudam a estudar para o vestibular


Durante a pandemia de COVID-19, que teve início no final de 2019, os países da América Latina e da América, de forma geral, se levarmos em conta os protestos Black Lives Matter e Stop Asian Hate viram diversas insatisfações populares explodirem em suas ruas. Para além da desigualdade existente no continente em termos de vacina enquanto o Chile já está na terceira dose, o Haiti vacinou 341 pessoas [1] , a população enfrenta crises políticas e econômicas que dificultam cada vez mais sua sobrevivência.


Abaixo, apresentamos quatro países que passaram e ainda estão passando por “lutas pandêmicas” tema da nossa atual edição da Revista Cinestesia. Alguns tópicos já foram abordados no Blog do CineGRI mais detalhadamente e estarão indicados, com os devidos links, para que o leitor possa se aprofundar nas questões que mais chamarem sua atenção.


BRASIL


#PraCegoVer [FOTOGRAFIA]: Imagem da ex-presidente Dilma Rousseff. A foto mostra a mulher do pescoço para cima. Ela usa uma blusa de gola quadriculada na cor azul marinho, com detalhes bordados em um tom próximo ao bege. Dilma tem os lábios contraídos, fazendo com que seus traços estejam bem marcados, e a sobrancelha arqueada. Ela olha para o lado. Fonte: https://i.ytimg.com/vi/vwZ5m10y1rQ/maxresdefault.jpg


Nos últimos anos, o Brasil tem enfrentado um período de grande turbulência política. O impeachment de Dilma Rousseff, retratado em parte do documentário indicado ao Oscar, Democracia em Vertigem, de Petra Costa, configura um marco dessa instabilidade. Os eventos de 2016 (que já vinham acontecendo desde antes desse fatídico ano) culminaram na saída da presidente, na posse de Michel Temer e na posterior eleição de Jair Messias Bolsonaro.


O presidente atual governa durante um período crítico da nossa história, tendo o desafio de enfrentar a maior crise sanitária do século. Entretanto, a gestão negacionista, com um discurso anti-ciência e diversas denúncias de corrupção pouco tem colaborado para que superemos esse momento. Além disso, o governo tem apresentado grande retrocesso quanto às questões ambientais e aos direitos dos povos indígenas, dentre outras pautas que são constantemente ameaçadas.


O Brasil, desde o começo de 2019, já presenciou diversas manifestações que levam, em sua maioria, o slogan “vacina no braço, comida no prato”, fazendo referência à falta de vacinas, à alta de preços de alimentos, bem como ao desemprego, que diminuiu o poder de compra da população e chegou a 14,7% no trimestre fechado em março [2]. Somam-se a isso os diversos pedidos de impeachment, que surgem nas vozes que estão nas ruas, são ouvidos e protocolados por diversos partidos políticos e terminam engavetados por Rodrigo Maia e Arthur Lira.


No blog do CineGRI, você pode ler mais sobre A Geopolítica da Vacina, os casos de Corrupção, a questão ambiental, a