Quem somos?

O CineGRI - Cinema, Geopolítica e Relações Internacionais é um projeto de cultura e extensão universitária vinculado ao Núcleo de Pesquisa em Relações Internacionais da Universidade de São Paulo (NUPRI-USP). Nossa proposta é promover os debates acadêmicos relacionados à Geopolítica e às Relações internacionais, por meio do Cinema, para além dos muros da universidade. Esta é a nossa maior motivação: afetar a comunidade externa à USP procurando sensibilizar, debater e transformar de forma efetiva a realidade que acessamos por meio da nossa atuação. 

O que fazemos?

Tendo o cinema como ferramenta, já trabalhamos com diversos eixos de atuação.

A seguir descreveremos brevemente cada uma:

Cineclubes: Os cineclubes são nossa marca e carro chefe desde nossa fundação. Tratam-se de encontros onde exibimos filmes provocadores seguidos de debates. Convidamos especialistas e/ou cineastas de diferentes focos temáticos para iniciar a conversa e enriquecer a experiência, cujo ponto mais importante é a troca entre os participantes. Começamos com o formato presencial, mas a partir de 2020 iniciamos a versão online, com os webcineclubes.

Blog e Acervo: O blog é um espaço de debate promovido por bolsistas e colaboradores sobre assuntos atuais que cruzam a geopolítica e relações internacionais, tendo o cinema como porta de acesso a tais temas. As produções são inseridas em seis blocos que se alternam ao longo dos ciclos: poder, segurança, desigualdades espaciais, direitos humanos, identidade e cotidiano. O acervo, por sua vez, reúne os artigos de 2015 a 2018, republicados em boletins divididos pelos seis blocos que acompanham o blog.

CINEstesia: É uma revista estudantil que busca democratizar a divulgação e produção acadêmica de graduandos e graduados e tem como pilares o cinema, a geopolítica e a interdisciplinaridade. Nasceu em 2017 como um eixo do CineGRI e em 2020 está lançando sua edição piloto, com o tema “Cinema Latino-americano e o Subdesenvolvimento”.

CineGRIcast: É um podcast que debate temas da geopolítica e relações internacionais através do cinema, com a presença de convidados diversos. Desde o primeiro episódio discutimos assuntos importantes para sociedade como autoritarismo, segurança pública, desigualdade social e consequências sócio-políticas da pandemia, e queremos explorar ainda mais.

TV CineGRI: Estendendo o projeto para o meio digital, o TV CineGRI nasce como um veículo para comunicar temas importantes da geopolítica e relações internacionais com plano de fundo filmes mainstream. Por meio de vídeos dinâmicos e com uma linguagem que atinja os jovens que acessam o YouTube e o IGTV do Instagram. 

Oficinas: O CineGRI já desenvolveu oficinas de cineclubes em escolas públicas da cidade de São Paulo a fim de fomentar habilidades como autonomia, liderança e criatividade nos estudantes através do processo de criação de um cineclube da escola. Compartilhamos nossa experiência com professores e jovens que aprenderam a usar o cinema como uma forma de dialogar e debater diversos temas de relevância internacional no ambiente escolar.

Minicurso online: O minicurso “Cinema e geopolítica latino-americana” foi ministrado por cinco professores de diferentes disciplinas e instituições, visando fomentar uma abordagem não-tradicional da geopolítica latino-americana. Por meio de diversas produções cinematográficas, nossos professores abordam de forma crítica os problemas políticos, econômicos e sociais enfrentados pela América Latina, bem como as ameaças à segurança e à estabilidade da região.

Todos os eixos do projeto são importantes e servem ao mesmo propósito de democratizar o debate acadêmico sobre geopolítica e RI por meio da arte cinematográfica. Aqueles que trabalham para executá-los aprendem constantemente com as trocas possibilitadas por cada atividade, comprovando a importância da extensão universitária para a formação estudantil. 

Nossa história

Tudo começou em setembro de 2015, a partir de um incômodo gerado pela ausência de um diálogo entre a universidade e a comunidade extra-acadêmica sobre temas de geopolítica e relações internacionais. Éramos apenas três estudantes - de geografia, história e RI - apaixonadas por cinema e interessadas em aprofundar o debate público sobre política internacional por meio da linguagem audiovisual.

Os primeiros cineclubes eram organizados exclusivamente na USP e, junto com o blog do CineGRI, constituíam nossa principal ferramenta para difundir o debate que desejávamos aprofundar. Assim, a cada mês com uma nova temática, podíamos desenvolver e promover reflexões diferentes. 

Em 2016, a família CineGRI começou a crescer com a vinda de voluntários de outros cursos da USP - como Gestão de Políticas Públicas, Cinema, Letras, etc - para contribuir com o blog. 

​No ano seguinte, em 2017, foi quando decidimos ampliar nosso quadro de bolsistas, visando possibilitar novos olhares e parcerias, além da extensão do nosso escopo de atuação.

De lá pra cá passamos pela “casa de tudo” Mora Mundo, nossa primeira parceria externa, pelo CEU Meninos e ETEC Itaquera II, e começamos a promover cineclubes itinerantes com diferentes instituições vinculadas à cultura, oficinas de cineclubes, além do desenvolvimento do nosso primeiro minicurso e da revista estudantil CINEstesia.

Em 2019 batemos um recorde importante em termos de número de pessoas trabalhando como bolsistas. Pudemos ampliar significativa o alcance e a diversidade de nossa atuação, abrindo uma seara belíssima e fundamental de produção de conteúdo audiovisual, por meio do nosso podcast, o CineGRIcast, e do TV CineGRI, nosso canal audiovisual.

Equipe

Coordenação
RafaelVilla.jpg

Prof. Dr. Rafael Duarte Villa

 

Professor Associado do DCP-USP, possui graduação em Ciência Política pela Universidad de los Andes (Venezuela-1988), mestrado em Ciência Política (1992), doutorado em Ciência Política (1997) e livre docência (2007) pela USP. Tem Pós-doutorado pela Columbia University (EUA-2008). Como professor, atua no DCP-USP  e no Instituto de Relacões Internacionais (IRI-USP). É Coordenador Acadêmico do Núcleo de Pesquisa em Relações Internacionais (NUPRI-USP).

Conselho consultivo
WhatsApp Image 2019-05-18 at 18.27.39.jp

Larissa Santos

Geografia


Fundadora e idealizadora do CineGRI. Adoro filmes com finais surpreendentes e viagem no tempo. Seja através de uma máquina, seja por uma boa fotografia. Afinal, a máquina do tempo chamada cinema pode nos levar facilmente a outros espaços-tempos.

 Rayssa Mendes

Ciências Sociais

 

Apaixonada por política, pela psiquê humana e por seus jogos de poder, gosto de assistir qualquer (boa) produção relacionada a esses temas. Ficções científicas bem construídas, com distopias e viagens no tempo, também me embriagam.

  • Lattes-1
  • email
  • LinkedIn - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • email
  • LinkedIn - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
Coordenação de projetos
Foto%20CineGRI_edited.jpg

 Alice Araújo

Ciências Sociais

Ariana (do bem). Buscando jeitos de entender a vida... Como ainda não entendi, sigo procurando sentido em todo lugar, especialmente no cinema. As histórias mostradas nos filmes são sempre um caminho para aprender sobre nós e sobre o mundo onde vivemos. Das emoções à geopolítica, sigo buscando.

  • email
  • Instagram - Black Circle

Rebeca Santos

Direito

Gosto de filmes e documentários de todos os gêneros, mas que despertem uma crítica reflexiva em mim sobre questões nem sempre tão evidentes. Confesso amar, particularmente, obras de suspense, apocalípticas e comédias românticas hollywoodianas."

  • email
  • Instagram - Black Circle
 

Cinegrers 2020-2021

Cineclubes
2020-07-26 04.14.23 1 - Gabriela Bucalo.

Gabriela Bucalo

Geografia

Apaixonada pela educação popular e cinema. Na correria do dia-a-dia sempre arranjo um tempo para assistir alguma coisa. Assisto todo tipo de filme, mas amo os de humor duvidoso.

WhatsApp%20Image%202019-09-08%20at%2023.

Mariana Ramos

Ciências Sociais

 

Amo filmes de época, de divórcios (sim, isso mesmo), fantásticos e, principalmente, distópicos. O cinema é pra mim uma válvula de escape, sempre que estou triste, são os filmes e as séries que me distraem e, concomitantemente, me conscientizam que minha realidade é apenas isso, minha e que neste exato momento, milhões de outras pessoas estão vivenciando algo completamente diferente, seja de posições mais ou menos privilegiadas.

d41fc7b6-8d13-4563-acaa-66becb590f31 - P

Pamela Nogueira

Letras

 

Adoro a maneira que a arte desliza pelos sentidos e aguça nossa imaginação. As produções cinematográficas sempre me deram brilho nos olhos, por isso acredito no cinema como uma fonte de transformação.

  • Instagram - Black Circle
Produção audiovisual
WhatsApp Image 2020-09-02 at 12.09.39 -

Júlia Buzzi

Relações Internacionais

Internacionalista em formação e geminiana de nascença. Eu sempre amei o mundo dos filmes e a forma como ele une o possível ao impossível, retratando a realidade por meio da arte. Para mim, o cinema é isso: um lembrete para não ignorar os problemas reais, mas sempre continuar sonhando.

  • LinkedIn - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
WhatsApp Image 2019-09-08 at 23.06.39.jp

Yan Carvalho

Ciências Sociais

Desde sempre fui apaixonado por todos os gêneros cinematográficos. Sejam as mais complexas ficções científicas, os suspenses mais sombrios ou até mesmo os romances e dramas que tratam das emoções humanas com simplicidade. Acredito no poder de transformação que o cinema tem como arte.

  • email
  • LinkedIn - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
Produção escrita
IMG-20200109-WA0024 - Amanda Escobar Cos

Amanda Escobar

História

 

Fui a criança que alugou mais de dez vezes o filme Dinossauro da Disney em vhs. Formei em comunicação social-jornalismo e sou apaixonada pelas produções cinematográficas. Acredito na potencialidade do cinema como uma das ferramentas de aprendizado.

72973544_2479187615530768_16633355512074

Julia Salazar

Letras

Graduanda em Letras e latino-americana, acredito no papel da arte na construção do indivíduo e da sociedade. Sou apaixonada por conhecer, ler, ouvir e assistir histórias - algo que herdei do meu pai. Mas, mais do que isso, me atrai a função de denúncia que muitas dessas narrativas contém e como elas representam o mundo em que estamos inseridos.

  • email

Lucas Moreira

Sistemas de Informação

 

Acredito nas peças cinematográficas como um importante caminho de reflexão e mudança, capazes de reproduzir realidades, gerar mudanças a partir da análise de comportamentos históricos e até simular o inexistente, ainda. Cinema é metamorfose, é arte.

  • Instagram - Black Circle
  • letterboxd-decal-dots-pos-rgb
 

Parcerias

O CineGRI visa promover cineclubes itinerantes e para isso conta com parcerias com casas de cultura e espaços organizados para promover o debate em diferentes bairros da nossa cidade. Nossa proposta é fomentar discussões sobre temas relacionados à Geopolítica e às Relações Internacionais para além da universidade. Fazemos isso através do fomento à cultura cineclubista, já que o cinema é uma poderosa ferramente diálogo educativo inclusivo. 

Mora Mundo

Um lugar compartilhado que busca criar relações horizontais, livre das opressões do Estado e do mercado. Neste espaço de difusão de ações socioculturais e educativa, cabem encontros, exposições, debates, cursos livres, grupos de estudos, oficinas, ensaios, mostras, teatro, música, diversão, troca e toda sorte de aprendizado que as possibilidades nos trouxerem!! 

Aqui não cabe, expressões racistas, machistas, sexistas, homofóbicas e nem transfóbicas. 
A casa de tudo está aberta! Bem vindos!!

Casa das Mulheres

O que acham de um espaço em que as mulheres podem realizar oficinas, reuniões e o que mais elas quiserem? Conheça a Casa das Mulheres.

 

Apoiadores

Snatander.png
logo nupri.png

O CineGRI, coordenado pelo Prof. Dr. Rafael Duarte Villa, é um projeto de Cultura e Extensão da Universidade de São Paulo composto por estudantes de diversos cursos desta. Desde 2015, o projeto é reconhecido pela Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária - PRCEU, órgão que desenvolve as políticas culturais e de extensão da Universidade de São Paulo. Além disso, é atualmente contemplado por bolsas estudantis que são concedidas aos seus membros a cada ciclo, por meio do Programa Unificado de Bolsas de Estudos da Pró-Reitoria de Graduação da USP (PRG-USP). O CineGRI, desde sua origem, recebe o apoio da equipe do Núcleo de Pesquisa em Relações Internacionais - NUPRI-USP, que oferece suas dependências e contribui amplamente para as atividades que são desenvolvidas ao longo dos ciclos. Em 2020, foi contemplado financeiramente pelo 5º Edital Santander/USP/FUSP de Fomento às Iniciativas de Cultura e Extensão, que buscou selecionar projetos de difusão de conhecimentos ou de iniciativas culturais com ações voltadas para a interação com a sociedade de modo geral.